Notebook com súmula eletrônica na tela e uma quadra ao fundo
Tempo estimado: 04:42 min (953 palavras, 5657 caracteres)

A súmula eletrônica incorpora tecnologia ao esporte e permite a entidades automatizar todos os processos referentes à realização de competições. Além da agilidade, a funcionalidade presente no Sistema de Gestão Esportiva (SGE) da Bigmidia também garante a segurança dos dados e permite a integração com outros sistemas, como placares eletrônicos e softwares de transmissões de vídeo. O resultado é uma melhor experiência para gestores, atletas e torcedores.

A plataforma SGE consegue integrar toda a gestão de um evento ou competição de ponta a ponta. De forma on-line, os atletas e equipes conseguem se inscrever de acordo com os parâmetros estabelecidos nos regulamentos, emitem boletos para o pagamento das taxas e têm acesso a informações e orientações. Já os organizadores têm total controle dos inscritos.

Durante a competição, por meio da súmula eletrônica, que funciona on-line e off-line de forma integrada com o SGE, árbitros e equipe de apoio conseguem inserir com facilidade os registros das partidas, podendo inclusive disponibilizar informações para serem exibidas em vídeos na internet ou TV. Os dados também podem ser veiculados em placares eletrônicos, melhorando a interação com o público presente ao evento. Essa tecnologia já foi internacionalmente reconhecida pela empresa suíça Omega, que abriu espaço para cooperação com a Bigmidia no evento-teste das Olimpíadas de 2016.

“A súmula eletrônica incorpora tecnologia ao esporte brasileiro. A Bigmidia desenvolve esse tipo de solução para qualquer esporte, individual ou coletivo. Nós levantamos todos os pontos específicos com as entidades e formatamos essa funcionalidade, entregando uma solução não genérica, mas personalizada para cada modalidade, com suas regras e funcionamento, como deve ser.”, ressalta o sócio da Bigmidia Daniel Carvalho.

Súmula eletrônica é mais tecnologia nas competições esportivas

Várias entidades já estão tendo o retorno do investimento na ferramenta de súmula eletrônica do Sistema de Gestão Esportiva (SGE). Cada um possui a plataforma moldada para as especificidades do esporte. Nos saltos ornamentais e na ginástica, o sistema multiplataforma, com funcionamento ideal para tablets e celulares, disponibiliza uma central que recebe as inscrições e terminais para cada árbitro. Dessa forma, a central informa automaticamente aos árbitros quais movimentos serão executados por cada atleta e seu grau de dificuldade, possibilitando a inclusão da nota pelo jurado.

“Na natação e no handebol, as confederações já integraram a súmula aos respectivos sites. Dessa forma, as comunidades esportivas podem acompanhar os resultados e estatísticas das competições de forma automatizada e em tempo real”, complementa o sócio da Bigmida Zac Zappellini.

Para exemplificar, o software de súmula da natação é responsável, além das funcionalidades acima, por organizar a forma como os atletas são posicionados por raia (balizamento). Ele também captura os tempos e parciais obtidas pelos nadadores nos equipamentos de cronometragem eletrônica, emite relatórios de resultados e registra a pontuação de atletas e clubes, entre outros. Já no Handebol, o software possibilita o controle do tempo oficial, lançamento de Scout da partida, inclusão de informações sobre a comissão técnica, e emissão e assinatura digital da súmula oficial.

Na natação, o mesmo software faz os resultados oficiais da competição, resultados ‘real-time’ no site da entidade e geração de caracteres para transmissão.

A Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG) já usa o SGE e também decidiu implementar a súmula eletrônica e incorporar tecnologia em 25 modalidades dos jogos escolares. A entidade atua em 840 municípios mineiros, e realiza competições que mobilizam cerca de 2.800 escolas e mais de 180 mil atletas.

“O SGE é muito inovador. Estamos reunindo tudo em uma plataforma só. O desafio é grande, mas teremos súmulas específicas para cada modalidade. O objetivo é automatizar toda a coleta de dados”, afirma o presidente da FEEMG, Éverson Ciccarini.

Um dos pontos destacados pelo dirigente é a agilidade nos processos. Segundo ele, antes, a equipe demorava cerca de duas horas e meia para colher todos os dados do atletismo. Agora, o banco de dados é atualidade de forma imediata após cada prova.

Liga Paulista de Futsal vai disponibilizar dados em várias plataformas

A Liga Paulista de Futsal (LPF) está implementando a súmula eletrônica nas competições que realiza. O objetivo é fazer com que todas as informações geradas em tempo real possam ser acessadas pelo site. Os dados vão ser integrados no portal e, para longo prazo, a proposta é que eles também sejam usados em outras plataformas, entre elas um aplicativo mobile.

Estamos no processo de reestruturação do futsal de são Paulo. Além de trazer novas tecnologias e tendências para o esporte, também estamos desenvolvendo uma nova mentalidade focada em entregar um produto de mais qualidade para quem gosta do futsal”, reforça o coordenador de Projetos da LPF, Daniel Cavalcante da Graça. 

O SGE é a plataforma mais completa para a sua entidade

O Sistema de Gestão Esportiva da Bigmidia é uma solução completa de gestão esportiva e financeira. A plataforma também permite o desenvolvimento ou integração de ferramentas específicas para cada processo de todas as modalidades. São mais de 12 anos de experiência no mercado, com softwares e sistemas para clubes, ligas, federações e confederações esportivas.

Entre em contato agora pelo (31) 3789-2322, pelo e-mail [email protected] ou clique aqui e fale conosco pelo WhatsApp e tire todas as suas dúvidas!