Jovens meninas atendidas pelo projeto Mempodera
Tempo estimado: 03:50 min (789 palavras, 4615 caracteres)

A Bigmidia é a nova parceira do Mempodera, projeto idealizado pela atleta olímpica de Wrestling Aline Silva, que tem como objetivo empoderar meninas por meio do esporte e da educação. Agora, a iniciativa que atende a crianças e adolescentes da cidade paulista de Cubatão passa a contar com o Sistema de Gestão Esportiva (SGE). Assim, o cadastro das alunas e procedimentos internos da associação responsável pelo projeto social serão automatizados.

No Mempodera, cerca de 70 meninas de 6 a 15 anos têm aulas de inglês e de Wrestling, esporte olímpico de luta no qual o objetivo é controlar os movimentos do rival, forçando-o a encostar suas costas no chão. O projeto alia a prática esportiva à educação, promovendo a igualdade de gênero e fornecendo meios para crianças e adolescentes consigam ir em busca dos seus sonhos e de uma melhor qualidade de vida.

“Há algum tempo, tivemos conhecimento do Mempodera e logo percebemos a seriedade e o relevante papel social que desempenha na comunidade em que está inserido. Ao conversar com a Aline Silva, percebemos que muitas das necessidades da associação em relação a processos gerenciais poderiam ser atendidas pela nossa plataforma SGE. Desse modo, começamos a construir a forma de cooperação e agora a Bigmidia é a nova parceira do Mempodera”, afirma Daniel Carvalho, sócio da empresa que desenvolve soluções tecnológicas para entidades do desporto nacional.

Com o Sistema de Gestão Esportiva, que está sendo formatado e implementado gratuitamente pela Bigmidia, o cadastro das alunas será automatizado. Outras funcionalidades também estão previstas, como emissão de relatórios e ferramentas para captação de patrocínios e doações.

“A parceria com a Bigmidia vai possibilitar o acompanhamento e o mapeamento do impacto do Mempodera, além de nos ajudar a sermos mais eficientes e organizados”, ressalta a fundadora e CEO do Mempodera, Aline Silva.

Agora, com o SGE, o projeto fica mais preparado para conquistar a sustentabilidade financeira. “Acreditamos que a nossa plataforma vai auxiliar nas rotinas administrativas, gerando economia de tempo e de recursos. Também vamos ajudar no crescimento do projeto para que ele alcance mais meninas, até mesmo em outras localidades. A Aline é um exemplo como esportista e, acima de tudo, como cidadã. É uma grande satisfação poder colaborar com essa jornada”, complementa o também sócio da Bigmidia Zac Zappellini.

Trajetória de Aline Silva no esporte é inspiração para meninas

A história da idealizadora do projeto Mempodera mostra o real poder de transformação social que o esporte possui. Criada desde muito pequena somente pela mãe que tinha uma longa jornada de trabalho, aos 11 anos, Aline Silva teve um coma alcoólico. O episódio que poderia ter consequências muito negativas serviu para forçar uma mudança de vida.

Para ocupar o tempo ocioso da filha, Lidia da Silva a matriculou em uma nova escola que oferecia atividades extracurriculares, entre elas o Judô. Aline se apaixonou pelo esporte e se dedicou nos treinamentos. Posteriormente, passou a praticar a Luta Olímpica.

Hoje, o resultado são diversas medalhas na parede, inclusive de mundiais de Wrestling, juntamente com os diplomas de Terceiro-Sargento da Marinha do Brasil e da graduação em Educação Física.

Depois de conhecer o mundo por meio do esporte e de conseguir mudar o seu futuro, Aline decidiu mudar também a realidade de outras meninas. Durante a participação no programa de intercâmbio Global Sports Mentoring Program (GSMP), fruto de uma parceria entre o Departamento de Estado Americano com a Sport and Peace Society da Universidade do Tennessee, a atleta decidiu criar o Mempodera, em 2018.

Desde então, Aline se divide entre a vida de gestora de entidade social e atleta. Agora, neste mês de julho, o foco está voltado para o Wrestling, pois a atleta se classificou para os Jogos Olímpicos de Tóquio e vai representar o Brasil na modalidade.

“Nós da Bigmidia estamos aqui na torcida pela nossa guerreira. Aline já é uma vendedora por tudo que ela representa e pelo seu serviço em prol da sociedade”, complementa Daniel Carvalho.

Ajude o Mempodera a continuar mudando a realidade de crianças e adolescentes

Além da Bigmidia, outros parceiros estão ajudando o Mempodera na sua missão de ampliar as possibilidades de futuro das nossas jovens meninas. Você também pode contribuir com essa iniciativa por meio de doações de materiais esportivos e didáticos de inglês, trabalho voluntário, patrocínio ou prestação de serviços. Clique aqui e saiba tudo sobre o Mempodera e como ajudar o projeto.